Militaria e Cutelaria reunidas em um só lugar.

MENU

Notícias / Pistolas

Kel-Tec P50 - Cal. 5,7 × 28 mm

Uma pistola com carregador horizontal com capacidade de 50 cartuchos

Publicidade
Kel-Tec P50 - Cal. 5,7 × 28 mm
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

 

 

Créditos da imagem: Ricardo Torres

 

Kel-Tec P50 é uma pistola semi automática FN calibre 5.7×28mm projetada nos Estados Unidos pela Kel-Tec em 2021.

Ela é uma das pistolas mais incomuns e estranhas que foram projetadas nos últimos tempos. Embora na verdade possa ter vários usos, como defesa pessoal ou doméstica, caça pequena ou plinking, provavelmente há muitas opções melhores e menos caras para cada aplicação do que esta. No entanto, esta arma é única o suficiente para garantir pelo menos alguma atenção do mercado, pelo menos em sua terra natal.

Enquanto a maioria das armas geralmente são projetadas em torno de um cartucho específico, a Keltec P50 foi projetada em torno da combinação muito específica de cartucho e carregador, o cartuchos de 5,7x28 mm de origem belga e um carregador apropriado de alta capacidade que foi projetado em torno deste cartucho para a outrora famosa submetralhadora FN P90. Os designers da Keltec pegaram o muito incomum carregador P90, que contém até 50 cartuchos e construíram sua arma em torno dele. Como resultado, a “pistola P50” é cerca de 50-70% mais longa e duas vezes mais pesada do que as pistolas concorrentes que disparam o mesmo cartucho de 5,7 mm, como FN Five-seven ou Ruger-57, e oferece um aumento de 150% na capacidade do carregador. Ela também apresenta um dos procedimentos de troca de carregador mais incomuns, que lembram de alguma forma uma espingarda aberta. Ainda não se sabe como essa arma se comportará no mercado civil americano, superaquecido e superlotado, já que suas vendas iniciais estão programadas para o 1º trimestre de 2021.

A pistola KelTec P50 usa ação simples de blowback, com o ferrolho/bloco da culatra dentro do “receptor superior”, que é feito de liga leve. A maior parte do peso do parafuso está localizada acima do cano e na frente de sua culatra. Molas de retorno duplo com hastes de guia estão localizadas abaixo do cano. Todo o conjunto do receptor superior é articulado na frente ao “receptor inferior”, ou armação da pistola, que é feita de um polímero. Na posição de pronta para disparar, os receptores superior e inferior são rigidamente conectados pela trava na parte traseira da armação, que pode ser liberada através da alavanca do polegar, localizada acima e atrás do punho da pistola.

Seu carregador fica localizado entre as partes inferior e superior da caixa receptora do mecanismo, logo abaixo do cano da pistola e sua rampa de alimentação fica voltada para cima. Para substituir o carregador o usuário deve pressionar a trava de liberação do mesmo com o polegar e puxar a parte traseira do receptor superior para cima. Isso permite que o carregador vazio seja puxado para cima da estrutura da empunhadura e para trás, tirando-o então de dentro da arma. Em seguida pode-se inserir outro carregador e o receptor superior ser fechado.

Para armar a pistola deve-se puxar o ferrolho em formato de T, como nos AR-15, que fica localizado na parte superior logo atrás da caixa receptora. 

A Kel-Tec P50 é do tipo ação simples, com cão interno interno e posui travas de segurança ambidestras. Os estojos deflagrados das munições são ejetados para cima e a direita através da janela de ejeção que fica localizada no receptor superior, logo atrás do trilho Picatinny totalmente integral que vai em direção à extremidade do cano da arma.

A pistola KelTec P50 possui miras de ferro rudimentares que são construídas no trilho superior, mas parece ser melhor usada com algum tipo de mira Red Dot. Possui um trilho Picatinny adicional na frente do receptor inferior, além de algumas montagens de sling QD.

História 

Em dezembro de 2020, uma imagem de uma capa de revista mostrando o P50 vazou no KTOG, um fórum online dedicado à Kel-Tec. A imagem anunciava a capacidade da pistola ter capacidade para carregadores de 50 munições do calibre 5,7 × 28 mm e é descrita como a "Kel-Tec mais exclusiva até agora". A imagem se espalhou posteriormente para o resto da Internet, o que coincidiu com uma marca de nome P50, registrada pela Kel-Tec em fevereiro de 2020. 

Em janeiro de 2021, o site oficial da Kel-Tec revelou detalhes sobre o P50, dizendo que a arma começaria a ser vendida em março de 2021, com um preço sugerido de US$ 995. 

O Projeto 

A P50 é uma pistola semiautomática de blowback reta que se alimenta da submetralhadora FN P90. Como a P90, os cartuchos são girados em um ângulo de 90 graus do carregador para a câmara. Um trilho Picatinny está localizado na parte superior do receptor e um segundo trilho está localizado abaixo do carregador.  A força do gatilho é de 5 lb. O cano e as partes móveis são feitos de aço e estrutura (armação) de polímero para reduzir o peso. A P50 tem um cano extraordinariamente longo para uma arma de mão, ajudando a melhorar a velocidade do projétil. Com nove polegadas, é mais que dobro do comprimento do cano do FN Five-seven e apenas uma polegada a menos que o cano da FN P90.

A Kel-Tec afirmou que não tem intenção de criar acessórios para o P50, deixando o mercado de reposição para "fazer suas coisas". A 50 jardas, o P50 tem um agrupamento médio de tiro de 1,5 polegadas (38 mm). O ferrolho é mais longo do que o de uma pistola média, o que ajuda a reduzir o recuo, tornando a P50 "significativamente mais precisa que outras pistolas e que muitas submetralhadoras de calibre 9 mm P. 

Recepção

A Shooting Illustrated chamou a P50 de "bastante volumosa para uma arma de mão", mas observou que esse aumento no tamanho deu a ela melhor velocidade e capacidade do carregador do que outras armas de mão e que dessa maneira, poderia ser usada na defesa doméstica como uma alternativa mais compacta que uma espingarda ou rifle . Eles chamaram o gatilho de "excelente" e notaram seu recuo leve. Disseram ainda, que o P50 era uma "concorrente séria" para outros projetos de 5,7x28 mm, como o FN Five-seven e Ruger-57.

O National Interest elogiou o baixo recuo, as opções de personalização dos vários trilhos e o acesso top-break "único", descrevendo-a como  "interessante e a nova arma mais legal de 2021". 

 

 

Veja mais no vídeo abaixo:

 

Créditos (Imagem de capa): KEL-TEC

Comentários:

/Dê sua opinião

Se o Governo mandar recolher todas as armas legalmente compradas, o que você faria?

Publicidade
Publicidade

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!