Militaria e Cutelaria reunidas em um só lugar.

MENU

Últimas Notícias

Visando expansão estratégica e automação, Taurus adquire 42 novas grandes máquinas

Tais aquisições evidenciam que a empresa segue investindo fortemente em tecnologias de última geração para aumentar sua capacidade produtiva.

Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Cumprindo fielmente seu Planejamento Estratégico de 5 Anos - que visa aumentar a capacidade produtiva em 50%, torná-la um hub de produção de kits, peças e produtos acabados para as unidades dos EUA e da Índia, automatizar/robotizar os processos produtivos e transformá-la em uma indústria 4.0 - a multinacional gaúcha Taurus Armas S.A. está investindo pesado em máquinas e equipamentos de última geração.

Em 2021, a empresa investiu R$ 181 milhões, sendo que máquinas e equipamentos representaram R$ 113 milhões. Para 2022, estão orçados R$ 170 milhões e, no 2º trimestre de 2022, foram investidos R$ 109 milhões, com máquinas e equipamentos representando R$ 68 milhões.

Assim, o total investido nesses itens no período que engloba o ano de 2021 e o de 2022 (até o 2º trimestre) foi de R$ 181 milhões.

Desse total, os maquinários destinados à produção no novo pavilhão (foto abaixo), que a empresa reformou e que se localiza na área adquirida pela Taurus no final de 2021, mereceram R$ 85 milhões. Este pavilhão tem aproximadamente 2.000 m2 e irá comportar as máquinas e seus processos inovadores.


Uma megaoperação logística para trazer 14 centros de usinagem

A Taurus investiu R$ 14,6 milhões de reais em 14 novos maquinários que estão chegando na empresa este mês. São oito centros de usinagem verticais série KF, quatro centros de usinagem verticais série I-CUT e dois centros de torneamento horizontal que chegaram nesta leva.

Essas 14 novas máquinas fazem parte de um grupo de 42 que foram adquiridas da Hyundai (Coreia do Sul) mediante um investimento de  R$ 49 milhões e contribuirão para que a Taurus instale novos sistemas produtivos compostos por processos robustos e inovadores.
 
Uma megaoperação foi montada para receber os 14 novos maquinários que chegaram de navio. A MBX, empresa 100% brasileira e gaúcha, foi contratada para o embarque; a linha marítima responsável pela vinda dos maquinários do exterior ao Brasil foi a dinamarquesa "MAERSK LINE", atualmente a maior companhia marítima de contêineres do mundo.

O navio saiu do Porto de Busan, na Coreia do Sul, no dia 27 de julho, e chegou ao porto de Itapoá (SC) no dia 6 de setembro. Em seguida, os maquinários foram transportados por 14 caminhões especiais (caminhões pranchas, que medem em média 22 metros de comprimento) que saíram do porto e chegaram juntos até o destino, a estação aduaneira de Canoas (RS), no Bagergs. Em seguida, deslocaram-se para a fábrica da Taurus, em São Leopoldo. Foram cerca de 308 metros de comprimento de comboio de caminhões que percorreram a estrada (vídeo abaixo).


Automação, aumento de capacidade, inovação tecnológica e novos empregos

Os maquinários recém adquiridos serão utilizados para:
- aumento de capacidade de fabricação de famílias de produtos estratégicos para a companhia;
- desenvolvimento de processos de fabricação de componentes estratégicos;
- instalação do primeiro sistema autônomo de manufatura da Taurus.

A partir da utilização destes equipamentos, a Taurus terá um significativo aumento de produção nas famílias de pistolas e armas táticas.


Tais aquisições evidenciam que a empresa segue investindo fortemente em tecnologias de última geração para aumentar sua capacidade produtiva e agregar ainda mais qualidade, tecnologia e inovação às armas que produz.

Os novos equipamentos irão gerar inúmeras contribuições para a empresa, sendo que o principal benefício é o de alavancar a Taurus no patamar tecnológico de meios produtivos. O desenvolvimento e a inovação tecnológica nestes processos terão impacto extremamente positivo no posicionamento competitivo da empresa no mercado.

Também irão gerar novos empregos, além de oportunizar o desenvolvimento dos colaboradores atuais da Taurus. A projeção inicial é que sejam contratadas mais de 60 pessoas, entre as áreas operacionais e de apoio, com previsão de início para 2023.

 

Fonte/Créditos: LRCA Defense Consulting

Comentários:

Publicidade
Publicidade

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!